A Sony construiu um carro e o apresentou na CES

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

Umas das maiores empresas de tecnologia revelou seu primeiro carro elétrico no evento de tecnologia no começo da semana.

A gigante da tecnologia Sony revelou um carro-conceito elétrico ousado chamado Vision-S na CES em Las Vegas, para mostrar seus sistemas autônomos de direção e entretenimento no carro.

O conceito de quatro portas foi apresentado no programa de tecnologia pelo chefe da Sony, Kenichiro Yoshida, que disse que “encarna nossa contribuição para o futuro da mobilidade”. Ele apresenta uma série de tecnologias que mostram a contribuição que a Sony pretende fazer para obter uma alta performance. sociedade de condução autónoma avançada. “

Embora não esteja claro se a Sony tem planos de fabricar seus próprios carros, ou simplesmente pretende desenvolver tecnologia para vender aos fabricantes existentes, Yoshida disse que: “Não é exagero dizer que o celular tem sido a mega tendência da última década. Acredito que a próxima mega-tendência será a mobilidade”.

Poucos detalhes técnicos do conceito, que se entende terem sido desenvolvidos e construídos com a ajuda de parceiros como Magna Steyr, Bosch, Nvidia e outros, mas a Sony diz que é alimentado por um par de motores elétricos de 200 kW. Isso proporciona um tempo de 0 a 100 km/h de 4,8 segundos, com uma velocidade máxima de 240 km / h.

Leia também:

O objetivo principal do Vision-S é mostrar a tecnologia relevante para automóveis da Sony. Possui 33 sensores de diferentes tipos embutidos; eles podem identificar pessoas e objetos dentro e fora do carro como parte de um “casulo de segurança”.

Eles incluem sensores de imagem CMOS, que a Sony alega oferecer alta definição e alta faixa dinâmica, enquanto suprime a tremulação do LED, e o Solid State LiDAR.

No interior, o Vision-S apresenta vários sensores de carro no tempo de voo (ToF) que podem detectar e reconhecer pessoas dentro dele, para otimizar os sistemas de informação e entretenimento e conforto.

O conceito também apresenta tecnologia de IA, telecomunicações e nuvem, todas acessadas por uma grande tela touchscreen panorâmica que domina o painel e que a Sony diz ser operada por uma “interface de usuário intuitiva”.

A Sony não é a primeira empresa de tecnologia a mostrar interesse no mundo automotivo. A Apple já havia avaliado seu próprio projeto de carro autônomo, enquanto a Samsung possui uma divisão automotiva trabalhando em sistemas autônomos avançados.

Fonte: Autocar