Vandal One tem 560 cavalos e apenas 555 kg.

2019_vandal_one_1

Brinquedo focado para pista é equipado com motor Honda.

Enquanto as montadoras estão apostando em veículos cada vez mais sustentáveis e tecnológicos, investimento em condução autônoma, ainda há empresas focadas pura e livremente na emoção dos dias de track day. O Vandal One R é um esportivo com características de Formula 1. O carro é focado nos entusiastas que procuram uma ótima destruição de peso potência.

2019_vandal_one_6

O Vandal One R pesa 555 kg e pode desenvolver 565 cavalos, ou seja, praticamente 1 cv / kg. O motor que ele irá utilizar é fornecido pela HPD (Honda Performance Developments), divisão da Honda responsável pelos componentes usados nos carros de competição da fabricante japonesa. O Vandal One R utiliza como base o motor do Civic Type R, um motor 2.0 turbo de 4 cilindros que desenvolve cerca de 340 cv no mínimo no monoposto. Afinal o proprietário pode optar pelo pacote R engine. Nessa opção o motor é construído com peças forjadas e chega entregar 560 cavalos de potência. Sem dúvida uma proposta muito interessante para um carro que pesa apenas 555 kg.

2019_vandal_one_8

Para transmitir essa potência uma caixa de câmbio sequencial de 6 marchas é conectada ao motor. O acionamento das marchas é feito através de um sistema eletro-hidráulico da Sadev. Os números que esse brinquedo monoposto pode fazer ainda não foi informado, porém é possível que ele acelere de 0-100 em cerca de 2 segundos. Além de ser capaz de suportar até 3G de força lateral nas curvas. Importante comentar que o Vandal One é equipado com pneu slick da Pirelli. O que ajuda e muito na aderência e a colocar toda essa potência no chão.

O modelo foi desenvolvido através de CFD (Computational Fluid Dynamics). Esse software ajuda no refinamento aerodinâmico. Com isso os painéis de carenagem são presos de tal forma que possam ser facilmente reparados em colisões, ou até mesmo caso tenha uma evolução aerodinâmica no modelo.

A suspensão traseira é presa na caixa de cambio, assim como nos protótipos de Le Mans ou até mesmo na Formula 1. Com a disposição de duplo A tanto na frente quanto na traseira, a suspensão do Vandal One R, também utiliza os princípios da utilizadas em competições de Formula e protótipos.

História da empresa

A empresa Norte-americana foi fundada há mais ou menos 2 anos por Jeremy Sutton. O qual foi responsável por alguns projetos interessantes no meio automotivo, Ford F-150, Ford GT, TVR Cerbera e Speed 12, fora que no projeto também tinham engenheiros que vieram da Mclaren, Ford Racing e Lola.

A ideia da empresa desde que foi fundada é a criação de carros para os puristas, porem que gostam de qualidade e dão extrema importância a engenharia aplicada aos seus carros de pista.

O Vandal One R chega para disputar mercado com modelos como, Ariel Aton V8 e BAC mono. O seu preço é de US$ 120.000,00.