Renault Trezor e a Linguagem de Design da Renault

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

  • gallery

Estratégia de design da Renault

Bom pessoal, hoje vamos falar sobre design de uma das marcas, ou a marca que mais está se destacando com o design de seus carros conceito nos últimos tempos. Sim a Renault vem mostrando uma grande capacidade para desenvolver carros conceito. Nos últimos anos ela tem se mostrado muito eficiente na maneira de desenvolver carros conceito. Assim apresentando grandes projetos nos últimos salões ao redor do mundo. Em uma matéria sobre design aqui no CARWIDE, mostramos o Renault Symbioz, que vocês podem ler clicando aqui.

 

Renault_Trezor_exterior_15

Para começarmos a falar sobre o Renault Trezor, vamos iniciar pela estratégia de design utlizada. Criada pelo Vice-Presidente de Design Laurens Van der Arcker, a linguagem de design chama “Life Cylce” ou seja, “ciclo da vida”. Onde cada fase da vida é representada por uma pétala da flor, sendo assim: Love, Explore, Family, Work, Play e Wisdom. Cada carro conceito da Renault apresentado desde 2010 se encaixa em uma pétala da flor.

Renault_Trezor_exterior_16

O Renault Trezor representa a “pétala Love”, assim como o Renault Dezir Concept. Porém o Renault Trezor representa a segunda fase do Amor, ou seja, o noivado. Assim a sua maneira de abrir lembra uma caixa de anel.

Superfície do Renault Trezor

O tratamento de superfície que recebeu esse carro é impressionante, a parte da lataria lisa e brilhante representa a parte sensual do carro, a mulher. A textura hexagonal e pintura fosca representa o lado masculino. Olhando de dentro para fora, o vidro do carro em vermelho, nos mostra como as pessoas apaixonadas enxergam o mundo.

Renault_Trezor_exterior_05

Apesar do Renault Trezor ser um conceito de 2016, ele foi muito bem falado na época e até hoje é considerado um ícone de design da marca francesa. Sua proporção é realmente emocional e chama muito a atenção, com 4700 mm de comprimento, 2180 mm de largura e 1080 mm de altura, esse conceito esportivo é demais. Sendo um Cupê, com rodas de 20 polegadas na dianteira e 21″ na traseira. O capô amplo nos dá impressão desse carro ser motor dianteiro, porém é um modelo elétrico. Na figura abaixo, podemos ver o conjunto de baterias em vermelho. As quais foram distribuídas dessa forma para otimizar a distribuição de peso.

Renault_Trezor_Sketch_39

No capô podemos ver detalhes hexagonais, essa parte se abre com o intuito de resfriar as baterias, porém na relação com o design, esse movimento de abrir e fechar representa a respiração. Mostrando para quem está fora do carro, que dentro dele existe vida.

Interior

Como o carro não possuí porta, para os ocupantes entrarem é necessário que eles escorreguem para dentro. Relembrando assim os carros de corrida do passado que não tinham portas. A maneira de abrir do Renault Trezor revela a mistura entre artesanato, moda e tecnologia. O couro e a madeira em vermelho podemos associar com a moda e o artesanato, enquanto a tela do painel de instrumentos vinculamos a tecnologia. A simplicidade encontrada na silhueta do exterior contrasta com a riqueza de detalhes do interior. Ao invés do banco se ajustar, o painel, volante e os pedais que se ajustam para se adequar ao motorista.

Renault_Trezor_exterior_26

O volante abre e fecha, a tampa de “combustível” que na verdade esconde a conexão para conectar o carregador, indica a quantidade de energia armazenada nas baterias.

Renault_Trezor_exterior_23

Coincidências?

Essa forma de abrir do Trezor podemos relembrar do SAAB Aero X de 2006, importante comentar que o designer Anthony Lo que trabalhou no projeto do SAAB, mudou para a Renault em 2010 e teve participação no desenvolvimento do Trezor. Ele trouxe uma ideia e seu conhecimento no projeto do Aero X e ajustou a linguagem de design e a mensagem que a Renault queria passar com o Trezor.

SAAB_AERO_X_2006

Renault_Trezor_exterior_18

Designers

O importante ressaltar que um carro nunca é feito apenas pelo chefe, e sim por um time de designers (interior, exterior e color & trim) e de engenheiros. Nos desenhos podemos ver pela assinatura o nome de alguns designers que participaram do projeto, Yann Jarsalle, Laurent Negroni, Anton Shamenkov e também do chefe de design de carros conceitos da Renault Stephane Janin.

Renault_Trezor_Sketch_27

Renault_Trezor_Sketch_05

Renault_Trezor_Sketch_17