1500 cavalos fazem o Bugatti Chiron acelerar até os 420 km/h

Bugatti Chiron chega a 420 km/h Para começarmos a falar sobre o Bugatti Chiron, o monstro de 4 rodas. Vamos…

Bugatti Chiron chega a 420 km/h

Para começarmos a falar sobre o Bugatti Chiron, o monstro de 4 rodas. Vamos iniciar pela usina localizada debaixo do capô. Afinal esse super carro é equipado com motor W16 de 8.0 litros com quatro turbos, 1500 cavalos e 163 kgfm, agora vocês entenderam a expressão monstro de 4 rodas?

Bugatti_Chiron_04

Leia também:

BMW M4 GT4

Aston Martin DBX

Motor

Com os 4 turbos de alta performance e possuindo 2 tipos de configurações, certamente detalhes importantes para fazer o motor do Bugatti chegar a máxima potência. Os 163 kgfm de torque estão presentes a partir das 2000 rpm e continuando até os 6000 rpm. Cerca de 60 mil litros de ar são empurrados para dentro do motor a cada minuto, e cerca de 800 litros de água ajudam na refrigeração. O câmbio automático de 7 marchas e tração nas quatro rodas ajudam a distribuir a potência do motor para o asfalto.

Bugatti_Chiron_03

Bugatti_Chiron_05

Finalizando os detalhes técnicos, porém importantes para vocês entenderam a capacidade de aceleração desse carro. Mesmo o velocímetro mostrando velocidade final de 500 km/h (310 mp/h) como mostra no painel. A Bugatti limitou a velocidade final do Chiron a 420 km/h.

No vídeo podemos ver a capacidade de aceleração do Bugatti Chiron. O evento foi realizado pela Johnny Bohmer Proving Grounds. Os proprietários podem levar seus carros ao limite de velocidade na pista de pouso da nave espacial americana, localizada na Florida.

Bugatti_Chiron_02

Certamente deve ser emocionante para os motoristas acelerarem tudo e chegarem ao limite de velocidade de seus carros. Assim o Bugatti Chiron chegou a 420 km/h em cerca de 4.3 km de distância. Embora o piloto não acelerou tudo desde o início podemos ver a capacidade de aceleração desse carro. Portanto como podemos ver no vídeo, o piloto ainda estava acelerando até a linha de chegada e mesmo assim o limitador de velocidade não foi acionado, provando que se o piloto tivesse sido um pouco mais agressivo desde o início poderíamos ter visto o limitador entrar em ação.

Bugatti_Chiron_06

Fonte: Road and Track